Desemprego para pessoas acima de 50 anos

Desemprego para pessoas com mais de 50 anos é algo bastante comentado, principalmente pelas dificuldades que às pessoas dessa faixa etária tem de retornar para o mercado de trabalho. Veja algumas dicas que pode te ajudar!

O desemprego é uma situação dramática e tende a ganhar um impacto ainda maior para os trabalhadores acima de 50 anos, que além da idade tem de competir com os profissionais mais jovens e que possuem qualificações.

Existe muito preconceito no mercado de trabalho brasileiro para os profissionais que já passaram dos 50 anos, por serem considerados velhos e incapazes de exercerem com habilidades as funções que a empresa propõem ao funcionário,diminuindo a produtividade, por isso muitas empresas procuram por profissionais mais jovens.

Mas estar desempregado aos 50 anos não é o fim do mundo, há pontos valiosos e insubstituíveis que estão a favor desses profissionais na busca de um novo emprego. Profissionais mais experientes são melhores no controle das emoções e do stress, mais eficazes em momentos de pressão na empresa, maior capacidade de análise e de tomada de decisões e situações de crise, aceita com maior facilidade integrar em uma empresa num modelo mais flexível da colaboração.

Ainda é possível entrar no mercado de trabalho e há estratégias que podem ajudar

Continua após a publicidade
  1. Reforçar conhecimentos que possui- pela longa experiência e conhecimento prático que tem acumulado pode levar a empresa a investir num profissional mais velho. A melhor opção é investir na área que trabalhou.
  2. Atualize seu currículo-saliente no seu CV as suas experiências profissionais mais relevantes, coloque em destaque as experiências com maiores probabilidades de contribuir para que alcance um novo emprego.
  3. Não foque na idade- em qualquer faixa etária haverá obstáculos para conseguir um novo emprego, esteja sempre focado que será avaliado pelo seu valor e pelo contributo que pode fornecer a empresa, independente da idade. Por isso não deixe a idade interferir na sua motivação. Lembre-se que sua atitude positiva e suas experiências podem contar muito mais que sua idade.
  4. Cuide-se sempre- cuidar da aparência é sempre importante, querendo ou não o visual é o nosso cartão de visita, não trata somente de beleza e sim de como se portar, como vestir roupas certas para cada ocasião, cabelo arrumado e barba feita.
  1. Esteja disposto- sempre mostre que está disposto a aprender e terá vantagem ao lhe contratar, vantagens que vão além de experiências.
  2. Invista em cursos- além de renovar conhecimentos é importante fontes de relacionamentos com novos contatos, isso é investimento de carreira e não apenas uma conclusão de somente mais um curso.
  3. Mantenha- se online- mostre que está presente no mundo virtual e que está ligado a novas tecnologias. Os profissionais mais velhos podem ser valorizados pela sua experiência e maturidade a lidar com as questões do trabalho, mas também podem ser vistos como inflexíveis resistentes a aprender sobre as novas tecnologias e redes sociais. Então mantenha-se sempre atualizado.
  4. Novas experiências- esteja disposto a sair da zona de conforto, isso é fundamental. Aceitar uma vaga fora da área que está habituado, estar disponível se for preciso a mudar de cidade ou até mesmo de país, essa é uma grande oportunidade de mostrar interesse pelo trabalho e uma forma de sair da sua zona de conforto.

Depois dessas dicas tão importantes veja diariamente vagas e oportunidades disponíveis na internet, jornais e listas de discussão. Envie seu currículo e diga do que gostaria de colaborar para o sucesso da empresa nesta nova atividade. Buscar um novo desafio é uma atividade tão importante e ativa como qualquer outra atividade que você desenvolva, acima de tudo mantenha o foco no seu objetivo: o sucesso de um novo emprego.